Novo

Linha do tempo do período arcaico

Linha do tempo do período arcaico


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

  • 800 a.C. - 500 a.C.

    Colonização grega do Mediterrâneo e do Mar Negro.

  • c. 800 a.C. - 500 a.C.

    Período arcaico da Grécia.

  • c. 800 a.C. - c. 700 AC

    Homero da Grécia escreve seu Ilíada e Odisséia.

  • 733 AC

    Corinto funda a colônia de Siracusa na Sicília.

  • c. 733 AC

    Data tradicional em que Corinto funda uma colônia em Corcira.

  • 683 a.C. - 682 a.C.

    Começa a lista de arcontes anuais em Atenas.

  • c. 650 AC

    Esparta esmaga a revolta messeniana.

  • 650 AC

    A mais antiga escultura em mármore grego em grande escala.

  • 650 a.C. - 600 a.C.

    Idade dos legisladores na Grécia.

  • 594 a.C. - 593 a.C.

    Em Atenas, o arconte Sólon lança as bases para a democracia.

  • c. 580 AC

    Os kouroi de Argos, pensados ​​para representar Cleobis e Biton, são esculpidos.

  • 546 AEC - 545 AEC

    Conquista persa de cidades-estado gregas jônicas.

  • 539 AC

    A aliança etrusca e cartaginesa expulsa os gregos da Córsega.

  • 514 AC

    Queda da tirania Peisistratid em Atenas.

  • 499 AEC - 494 AEC

    As cidades jônicas se rebelam contra o domínio persa.

  • c. 498 AC

    Iônicos e aliados gregos invadem e queimam Sardis (capital da Lídia).

  • c. 495 a.C.

  • 492 AC

    Dario I da Pérsia invade a Grécia.

  • 11 de setembro de 490 a.C.

    Uma força combinada de hoplitas gregos derrotou os persas em Maratona.

  • 487 AEC - 486 AEC

    Arcontes começam a ser nomeados por sorteio em Atenas.

  • c. 483 AC

    Temístocles convence os atenienses a expandir significativamente sua frota, o que os salva em Salamina e se torna sua fonte de poder.

  • 480 AC

    Tebas fica do lado da Pérsia durante a invasão de Xerxes na Grécia.

  • Agosto 480 a.C.

    Batalha das Termópilas. 300 espartanos sob o rei Leônidas e outros aliados gregos detêm os persas liderados por Xerxes I por três dias, mas são derrotados.

  • Set 480 a.C.

    Batalha de Salamina, onde a frota naval grega liderada por Temístocles derrota a armada invasora de Xerxes I da Pérsia.


Linha do tempo do período arcaico - História

    O GRANDE MISTÉRIO totalmente além da linguagem e da compreensão humana. Este REALIDADE FINAL que traz todas as coisas à existência, sustenta todas as coisas, é revelado em todas as coisas e atrai todas as coisas para si.

  • 13.7 bya GREAT RADIANCE / BIG BANG / PRIMORDIAL FLARING FORTH. Isso inclui as fases de Flutuação Cósmica (10 a menos 43 segundos após BB), Inflação (10 a menos 37 segundos após BB) e Expansão (10 a menos 32 segundos após BB).

II. Galáctico Estágio
(Use pequenas contas de ouro para espaçadores.)

  • 12 bya NUVENS PROTOGALÁTICAS de hidrogênio, o Universo se diferencia em grandes aglomerados de matéria gasosa.

III. Hadean Eon da Terra primitiva
(Use pequenas contas vermelhas para espaçadores.)

  • 4.6 bya EARTH e outros planetas se formam agregando detritos espaciais em seus caminhos orbitais.

4. Éon arqueano da infância
(Use pequenas contas de cobre para espaçadores)

  • 3,8 bya o primeiro VIDA (Archaea) evolui em um ambiente muito quente, possivelmente em grande profundidade na crosta terrestre ou em fissuras hidrotermais no fundo dos oceanos.

V. Eon Proterozóico
(Use pequenas contas laranja ou amarelas como espaçadores.)

  • Primeiros animais verdadeiros, incluindo águas-vivas e ESPONJAS.

  • o MONTANHAS APALACHES começam a subir, à medida que Laurentia (o núcleo continental que mais tarde se tornará a América do Norte) colide com o supercontinente de Gondwana (que acabará se dividindo em América do Sul, África, Antártica e Austrália).

  • JAWED FISHES aparecem (antes, havia apenas peixes sem mandíbula, como lampreias).

  • Em terra, ácaros, colêmbolos e ancestrais ARANHAS são preservados no Chert Rhynie da Escócia, que se formou a partir de uma fonte quente rica em sílica em terra.

360-290 mya CARBONÍFERO

  • O pico das "florestas de lírios do mar" nos oceanos, CRINÓIDES são equinodermos & # 151 como estrelas do mar em caules. Este é também o apogeu dos BRACHIOPODS, que parecem amêijoas, mas nem sequer são moluscos. Tanto os crinóides quanto os braquiópodes são filtradores, filtrando o alimento flutuante da água corrente.

  • PANGEA formas, um único supercontinente.


VII. Era Mesozóica (Age of Dinosaurs) começa.
(Use pequenas contas roxas como espaçadores, com diferentes tons de roxo para cada
dos três períodos geológicos.)

245-210 mya TRIASSIC

  • Pangea ainda é um supercontinente e, portanto, um interior continental árido continua a depositar sedimentos como "CAMAS VERMELHAS TRIÁSSICAS."

  • 210 mya FIM DA EXTINÇÃO TRIÁSSICA. Esta é a quarta grande extinção em massa. Por ser a terceira vez que a Terra foi duramente atingida por extinções em apenas 35 milhões de anos, a biodiversidade está severamente prejudicada.

  • o OCEANO ATLÂNTICO está se formando, enquanto o supercontinente da Laurásia começa a se separar. Gondwanaland ainda está intacta e desenvolvendo uma flora distinta.

  • Cedo MAMÍFEROS continuam a diversificar, mas a maioria ainda não fica maior do que o tamanho de um esquilo na presença de dinossauros poderosos. Linhagens modernas de mamíferos substituem a cloaca dos primeiros mamíferos (como o ornitorrinco vivo com bico de pato) nas fêmeas com três orifícios separados, incluindo um VAGINA. Cerca de 125 milhões de anos atrás, o PRIMEIRO MAMÍFERO DE DESLIZAMENTO evolui.


Eventos importantes na história antiga

A Guerra de Tróia foi travada entre Micenas e Tróia. A razão pela qual essa guerra começou é porque uma maçã dourada marcada com & quot para a mais bela & quot foi atirada para três deusas Hera, Aprodite e Atenas. Cada deusa o reivindicou como seu. Zeus se recusou a escolher, então ele os levou para Paris, Príncipe de Tróia, e ele decidiria quem era o mais bonito. Todas as três deusas subornaram Paris. Hera prometeu que ele governaria a Europa e a Ásia Menor. Atena prometeu torná-lo o maior guerreiro. Afrodite prometeu a Paris as mulheres mais bonitas. Paris deu a maçã a Aprodite porque ele não poderia recusar tal oferta. A mulher mais bonita foi Helena de Esparta. Paris é convidada para a casa de Helen e Aprodite faz com que ela se apaixone por ele e ela foge para Tróia com Paris. Menelau, marido de Helena, percebe o que aconteceu e busca vingança. Assim começa a Guerra de Tróia.
http://www.crockhamhill.kent.sch.uk/teachers/History/AncientGreece/images/kallisti_apple.png

Reformas políticas e econômicas de Solon & # 39s

Durante esse tempo, Sólon criou quatro reformas políticas e quatro econômicas em um ato para auxiliar a democracia ateniense. Este foi um grande passo para Atenas. As quatro reformas políticas dividiram os membros de Atenas em quatro classes sociais. Essas classes sociais permitiram que todos os cidadãos apresentassem ações judiciais. Além disso, os comerciantes estrangeiros tinham permissão para se estabelecer em Atenas e se tornarem cidadãos porque seu trabalho era para o bem comum de Atenas.

A 1ª Guerra Persa

Dario queria expandir a Pérsia, mas falhou devido ao assessor de Atenas às outras cidades-estados gregas. Como resultado, a Pérsia busca vingança.

A Batalha da Maratona

Os persas enviaram 25.000 homens pelo mar Egeu e eles pousaram em um lugar chamado Maratona. Maratona estava a 26,2 milhas de Atenas. Um homem chamado Pheidippides correu 26,2 milhas para avisar Atenas de que os persas planejavam atacar e se preparar! Depois que Pheidippides contou aos atenienses sobre os planos dos persas, ele morreu por estar extremamente cansado. As ações de Pheidippides são o motivo pelo qual o termo & quotMaratona & quot tem seu significado e por que ele tem 42 km de comprimento. http://2.bp.blogspot.com/_gRugz5GVO5M/TMaqdULUp4I/AAAAAAAAAD8/k8UhPrMgjjY/s1600/phidippides-www.philbrownlow.co.uk.jpt

2ª Guerra Persa

Dario morreu devido ao seu constrangimento de perder a 1ª Guerra Persa. Então, seu filho Xerxes tornou-se rei. Xerxes odiava Atenas por causa do que eles fizeram a seu pai. Então, ele agiu movendo-se em direção à Grécia. Algumas das cidades-estado gregas estavam com medo de ajudar porque não queriam ser massacradas. Atenas se posicionou em uma batalha naval. Posicionaram-se na Ilha de Salimis porque sabiam que a Pérsia não tinha experiência com a água porque não era um dos seus recursos naturais fecundos. A Pérsia não conseguiu navegar por causa disso. Atenas continuou atirando na Pérsia e eles estavam praticamente indefesos. Atenas venceu e a Pérsia voltou para casa para sempre.
http://rehtwogunraconteur.com/wp-content/uploads/2011/04/XerxesThePersian.jpg

Termópilas

Em um estreito desfiladeiro chamado Termópilas é onde 7.000 gregos (300 dos quais eram espartanos) mantiveram a Pérsia por 3 dias. No entanto, aqueles 300 espartanos disseram ao resto dos gregos para irem para casa e defenderem as outras cidades-estado. Como resultado disso, todos aqueles espartanos morreram. Mas, devido à sua bravura, Atenas teve tempo de se preparar para o ataque.
http://www.davidbarrkirtley.com/images/300phalanx.jpg

Delian League

Atenas começou a se tornar uma cidade-estado muito confiante porque ganhou a guerra contra a Pérsia. Mas eles não gostaram de como algumas das cidades-estado não os apoiaram durante a guerra. Então, eles fizeram um Leauge de Delian que afirma que, se uma cidade-estado está em guerra, você deve apoiá-la, não importa o que aconteça. Desta vez, é referido como a & # 39Golden Age of Athens & # 39. Atenas era o líder da Liga de Delos. Um dos efeitos da Liga de Delian foi taxar as outras cidades-estado, o que eles não apreciaram. O povo ateniense ficou tão rico que basicamente se tornou um mini-império grego.

Filosofia surgiu

A filosofia surgiu devido à falta de fé na democracia ateniense devido à derrota dos atenienses na Guerra do Peloponeso. A palavra Filósofos significa Amantes da Sabedoria. As pessoas durante esse tempo começaram a recorrer à Lei Natural e à Lógica em vez de coisas sobrenaturais como os Deuses.

Filósofos importantes da Atenas Antiga

Os três filósofos mais importantes da Atenas Antiga seriam Sócrates, Platão e Aristóteles. Ele se concentrou na ação individual e desafiou a autoridade. Ele também criou o Método Socrático. Mais tarde, ele foi levado a julgamento por "corrupção de jovens", foi considerado culpado e forçado a beber veneno. Ele ensinou seus alunos até seu último suspiro. O melhor aluno de Sócrates foi chamado de Platão focado na ação coletiva que não culpa apenas uma pessoa, ao invés, você culpa o grupo como um todo. Ele também teve a ideia de uma meritocracia que é um governo merecido. Platão também fundou uma escola chamada & # 39The Academy & # 39. Por último, Aristóteles, que foi o melhor aluno de Platão, aplicou a lógica à ciência em vez de forças sobrenaturais como os deuses. Ele também criou uma escola chamada The Lyceum, que muitas vezes competia com a Academia.

Guerra do Peloponeso

A Guerra do Peloponeso começou como resultado da raiva de Esparta de Atenas devido aos seus impostos injustos. A estratégia de batalha de Atenas era evitar a todo custo a terra, porque eles sabiam que a água não era o forte espartano. A estratégia espartana era marchar sobre Atenas e queimar seu suprimento de comida. A razão pela qual eles queriam fazer isso é porque Atenas teve que negociar por sua comida, então eles teriam que contar com outros para obter mais comida. Esparta teve uma vantagem quando uma praga atingiu Atenas e matou 1/3 de sua população. Durante esta praga, Péricles, o líder de Atenas morreu. Atenas estava em um período de exílio, pois estavam perdidos sem seu líder. Em 421 a.C. Atenas havia convocado uma trégua temporária. Mais tarde, em 415 a.C. Atenas invadiu um dos aliados de Esparta, a Sicília. Esparta ficou indignado com este ato e invadiu Atenas. Esparta não só invadiu Atenas, mas também derrotou Atenas. Atenas finalmente se rendeu em 404 a.C. No final, Atenas perdeu seu poder e bem-estar, mas eles nunca perderam sua independência. Um pouco depois, o Sparta cria uma liga para substituir a liga delian, mas falha.

Philip II

Filipe II era o pai de Alexandre, o Grande. Filipe era rei da Macedônia. A Macedônia foi dividida em muitas pequenas aldeias, todas governadas por Filipe. Filipe queria que seu filho fosse muito bem-sucedido, então convocou Aristóteles para tutor de Alexandre. O pai de Alexandre sonhava em conquistar a Grécia. Filipe consegue conquistar a Grécia, mas logo depois ele morre, então a Grécia se rebela. Alexander tinha 20 anos quando seu pai morreu.

Alexandre o grande

Alexandre invadiu a Pérsia e o Egito. A Pérsia era antaginista contra ele. O Egito, porém, o acolheu como um libertador. Os homens de Alexandre o consideravam um camarada porque ele comia a mesma comida, dormia na mesma tenda e lutava no mesmo campo de batalha que eles e ele era um rei. Quando Alexandre e seus homens marcharam em direção ao vale do Indo, ele ficou muito doente. Depois de receber essa doença, ele morreu alguns dias depois. Ele morreu aos 32 anos.


Para os propósitos deste site, esta linha do tempo é muito comprimida e apenas destaca algumas das datas mais importantes da história dos normandos. Não está completo - à medida que as pessoas aprendem mais sobre o passado, eventos antigos que podem ter parecido insignificantes ganham um novo significado. Se você tiver alguma sugestão para um evento importante, envie um e-mail para & # x45 & # x74 & # x72u & # x73 & # 105a com os detalhes e veremos como adicioná-lo à nossa lista.

911 O rei franco Carlos, o Simples, concede terras aos Viking Rollo no que hoje é o norte da França. Esta terra ficou conhecida como & quotNormandy & quot e as pessoas que lá vivem são conhecidas como & quotNormans. & Quot 1017 Os italianos pedem aos normandos que enviem um exército para ajudá-los a defender suas terras. Ao chegar, os normandos gostam do país e o invadem eles próprios. 1047 Com dezenove anos, William The Bastard vence seu primeiro grande confronto na batalha de Val Es Dunes na fronteira normanda / franca. 1066 O duque Willam da Normandia (obviamente não gostava de seu antigo apelido) invade a Inglaterra, pondo fim aos cerca de 500 anos de domínio saxão. 1084 Alemães atacam Roma, os exércitos normandos expulsam os alemães e salvam o Papa apenas para eles próprios atacarem Roma. 1085 O rei Guilherme I da Inglaterra ordena que o Domesday Book seja compilado. 1099 Norman liderou os cruzados, seguindo as ordens do Papa Urbano II, capturar Jerusalém e massacrar os ocupantes. 1135 O sobrinho do rei Henrique I, Stephen, vai para a guerra com a imperatriz Matilda e traz quase duas décadas de anarquia às terras normandas. 1204 O rei francês Filipe II invade e conquista a Normandia. A maioria dos normandos na Inglaterra decide ficar e se tornar inglesa. A maioria dos normandos na França torna-se francesa. Os próprios normandos efetivamente deixam de existir.

O site Norman.

Esta parte da família da web Etrusia é dedicada a olhar para o período da história britânica quando os saxões e dinamarqueses foram suplantados por outro invasor - os normandos. & lt Página inicial & gt.


LINHA DO TEMPO DE HISTÓRIA DE ALIMENTOS50.000 a.C. a 1 a.C.

50.000 AC Os habitantes das cavernas deixaram sementes de tâmaras selvagens junto com evidências de pinhões, nozes, bolotas, castanhas etc. na caverna Shanidar localizada no norte do Iraque.

35.000 AC Frutas, nozes e raízes estavam sendo colhidas para a alimentação. Sem cultivo.

29.000 AC Os povos paleolíticos da Europa Central cozinham mamutes e outros animais em covas de cozimento.

12.000 AC Einkorn pode ter sido o primeiro grão domesticado.

11.000 AC As figueiras podem ter sido domesticadas. Os figos secos encontrados no baixo vale do Jordão em Israel (2006) foram datados de cerca de 11.400 aC. Eles são uma variedade estéril, então as pessoas podem ter aprendido a cultivar novas árvores com o plantio de brotos.

10.000 AC As cabras foram domesticadas no Oriente Próximo nessa época.

10.000 AC Formas rudes de pão achatado estavam sendo feitas.

10.000 AC O Emmer surgiu como o 2º grão domesticado, no Egito.

9.300 a.C. Evidência de armazenamento sistemático de grãos silvestres descobertos perto do Mar Morto, na Jordânia. 1.000 a 2.000 anos antes do cultivo de espécies domesticadas.

9.000 a.C. As ovelhas foram domesticadas nesta época.

8.000 AC Os porcos foram domesticados na China nessa época.

7.000 a.C. Maçãs possivelmente cultivadas no sudoeste da Ásia.

6.700 a.C. Provas mais antigas de domesticação de milho (encontrado no México, 2009)

6.500 a.C. O gado foi domesticado nesta época.

6.000 a.C. O feijão-lima estava sendo cultivado no Peru.

6.000 a.C. Fava Beans estavam sendo usados ​​na região leste do Mediterrâneo.

6.000 a.C. Pimenta e abóbora faziam parte da dieta mesoamericana.

6.000 a.C. O ancestral da fruta cítrica (cidra) pode ter sido cultivado na Índia nesta época.

5.900 a.C. Evidência mais antiga do consumo de milho no oeste da China.

5.000 aC O elixir de anis é mencionado como remédio para peste e cólera no livro do Gênesis.

5.000 aC O arroz está sendo cultivado na China.

5.000 aC O milho (milho) estava sendo cultivado nos Andes.

4.000 a.C. As uvas provavelmente estavam sendo cultivadas na área a sudeste do Mar Negro (Afeganistão, etc.)

3.500 AC Os cavalos foram domesticados para obter leite e cavalgar no que hoje é o norte do Cazaquistão.

3.500 AC Com base em escavações do início da Idade do Bronze, acredita-se que a romã foi uma das primeiras frutas cultivadas.

3.000 a.C. Batatas eram cultivadas na Cordilheira dos Andes na América do Sul.

3.000 a.C. Os egípcios descobriram o fermento de fermento. Eles fermentaram misturas de farinha e água usando fermento selvagem transportado pelo ar. (Mas eles não entenderam que era o fermento no ar que fazia o pão crescer)

3.000 a.C. A linhaça estava sendo cultivada pelos babilônios.

3.000 a.C. Os chineses comiam macarrão.

3.000 a.C. Sorgo usado na África Subsaariana.

3.000 a.C. Cinco safras sagradas na China antiga: soja, arroz, trigo, cevada e painço

3.000 a.C. As pinturas em tumbas egípcias retratam lagos de peixes e árvores frutíferas.

2.737 a.C. Diz a lenda que o imperador chinês Shen Nung descobriu o chá quando algumas folhas de chá flutuaram em uma panela com água sendo fervida. (Acreditava-se que água fervida era mais saudável).

2.000 a.C. Azeitonas, pêssegos e damascos cultivados no Mediterrâneo Oriental.

1.600 a.C. A romã foi trazida da Síria para o Egito durante o governo dos hicsos.

1.550 a.C. O rolo de papiro egípcio (papiro Ebers) descoberto em 1884 lista centenas de medicamentos, incluindo erva-doce, açafrão, feno-grego, mostarda, erva-doce, cardamomo, alho, tomilho e sementes de papoula.

1.325 a.C. O túmulo de Tutancâmon continha sementes e produtos vegetais, incluindo melancia, lentilha, amêndoa, tamareira, cominho e coentro.

1.000 AC O amendoim era cultivado no Peru.

957 AC Os pilares do templo de Salomão em Jerusalém foram decorados com romãs.

776 a.C. O primeiro campeão olímpico listado nos registros foi um cozinheiro, Coroebus de Elis, que venceu a corrida de velocidade em 776 aC.

Século 4 a.C. O sushi se originou no sudeste da Ásia no século 4 a.C. como método de preservação de peixes. A fermentação do arroz evitou que o peixe estragasse.

372 AC Teofrasto nasceu. Ele foi um importante filósofo naturalista grego que estudou com Aristóteles. Ele escreveu muitos tratados sobre plantas, dos quais apenas dois sobreviveram.

350 AC Archestratus escreve & # 39Hedypatheia & # 39 (Vida agradável) .Um dos primeiros livros de receitas, mencionado por Ateneu.

287 a.C. Teofrasto morreu. Ele foi um importante filósofo naturalista grego que estudou com Aristóteles. Ele escreveu muitos tratados sobre plantas, dos quais apenas dois sobreviveram.

255 AC O termo & # 39don & # 39t transtornou o carrinho de maçã & # 39 foi usado pela primeira vez pelo dramaturgo romano Plauto em 255 a.C. em sua peça & # 39Epiducus & # 39 .

125 AC Romãs foram introduzidas na China.

100 AC Romanos começam a cultivar ostras em canteiros.

45 AC O dia de Ano Novo foi celebrado pela primeira vez em 1º de janeiro, quando o calendário juliano entrou em vigor.

44 AC Júlio César foi assassinado por um grupo de senadores romanos. (& quotcuidado dos idos de março & quot).

10 a.C. Tiberius Claudius Drusus Nero Germanicus nasceu. (Imperador de Roma 41-54 DC). Conhecido como Cláudio I, supostamente ele foi envenenado com cogumelos por sua esposa Agripina, depois que seu filho Nero foi nomeado seu herdeiro.

Sinta-se à vontade para criar um link para qualquer página do FoodReference.com em seu site.
Para obter permissão para usar qualquer um desses conteúdos, envie um e-mail: [email & # 160protected]
Todos os conteúdos são copyright & # 169 1990-2021 James T. Ehler e www.FoodReference.com salvo indicação em contrário.
Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e usar partes deste site apenas para uso pessoal e não comercial.
Qualquer outro uso desses materiais sem autorização prévia por escrito não é muito agradável e viola os direitos autorais.
Por favor, reserve um tempo para solicitar permissão.

Pesquisa profissional e técnica gratuita, artigos, estudos de caso, revistas e e-books


Fatos e planilhas pré-históricas

Clique no botão abaixo para obter acesso instantâneo a essas planilhas para uso em sala de aula ou em casa.

Baixe esta planilha

Este download é exclusivamente para membros KidsKonnect Premium!
Para baixar esta planilha, clique no botão abaixo para se inscrever (leva apenas um minuto) e você será levado de volta a esta página para iniciar o download!

Editar esta planilha

Os recursos de edição estão disponíveis exclusivamente para membros KidsKonnect Premium.
Para editar esta planilha, clique no botão abaixo para se inscrever (leva apenas um minuto) e você será levado de volta a esta página para começar a editar!

Esta planilha pode ser editada por membros Premium usando o software online gratuito Apresentações Google. Clique no Editar botão acima para começar.

A pré-história, ou seja, antes da história, é o intervalo de tempo antes da história registrada ou da invenção dos sistemas de escrita. Refere-se ao período da existência humana antes da disponibilidade daqueles registros escritos com os quais a história registrada começa. Mais amplamente, pode referir-se a todo o tempo anterior à existência humana e à invenção da escrita. Consulte o arquivo de fatos abaixo para obter mais informações sobre os tempos pré-históricos.

  • Pré-histórico significa o tempo antes da história registrada.
  • A Terra tem 4,5 bilhões de anos, mas os humanos só caminharam no planeta por 190.000 anos. Os primeiros organismos vivos foram bactérias microscópicas, que apareceram em fósseis há 3,4 bilhões de anos.
  • Muitas coisas aconteceram naquela época. A Terra se formou e os níveis de oxigênio aumentaram. Cerca de 800 milhões de anos atrás, os níveis de oxigênio atingiram cerca de 21% e começaram a dar vida a organismos mais complexos. A camada de ozônio rica em oxigênio também foi estabelecida, protegendo a superfície da Terra da radiação solar prejudicial.
  • A era Paleozóica deu origem a organismos de concha dura, vertebrados, anfíbios e répteis.
  • Durante a Era Mesozóica, os dinossauros governaram a Terra.
  • 64 milhões de anos após a extinção dos dinossauros, os humanos modernos surgiram na era Cenozóica.
  • Os humanos realmente estiveram no planeta por uma fração da vida da Terra. Os arqueólogos estimam que os humanos modernos estão na Terra há cerca de 200.000 anos. Eles acreditam que isso ocorreu no período Paleolítico Médio no sul da África.
  • Os humanos são membros de uma espécie de primatas bípedes (isso significa que eles andam eretos sobre duas pernas, o que lhes permite usar as mãos) na família Hominidae. Todos na Terra são homo sapien. Isto é latim para o termo, “sábio humano”. Os humanos têm cérebros altamente desenvolvidos, um andar bípede e polegares opostos, que permitem que o polegar prenda algo na mão, como uma ferramenta ou uma arma.
  • 70.000 anos atrás, os humanos migraram para fora da África e começaram a colonizar todo o planeta. As pessoas se espalharam para a Eurásia e a Oceania há 40.000 anos e chegaram às Américas há 14.500 anos.
  • Um dos locais mais antigos de assentamento humano está localizado em Middle Awash, na Etiópia, onde os humanos viveram há 160.000 anos.

Planilhas da era pré-histórica

Este pacote inclui 10 planilhas pré-históricas prontas para usar que são perfeitas para os alunos aprenderem sobre a era pré-histórica antes do registro da história ou da invenção dos sistemas de escrita. Os alunos verão ferramentas e arte pré-históricas para aprender mais sobre a Terra antes da existência dos humanos e nos primeiros anos da vida humana.

Este download inclui as seguintes planilhas:

Modificado verdadeiro ou falso
Os alunos irão completar as afirmações sobre a Terra pré-histórica escrevendo VERDADEIRO ou mudando a palavra para torná-la correta.

Pesquisa de palavras pré-histórica
Esta é uma busca de palavras simples, mas divertida, na qual os alunos trabalharão para encontrar e circular todas as palavras pré-históricas na grade.

Relógio pré-histórico
Esta atividade é sobre como criar uma linha do tempo usando o relógio pré-histórico e descrever os eventos significativos em cada período pré-histórico.

Storyboard pré-histórico
Usando as situações dadas, o aluno criará um storyboard e ilustrará os eventos descritos nas caixas fornecidas.

Analisando Ferramentas Pré-históricas
Nesta planilha, os alunos recebem fontes primárias e precisarão preencher um prompt por escrito, respondendo às perguntas sobre eles.

Analisando Arte Pré-histórica
Semelhante à planilha de ferramentas pré-históricas, este prompt de escrita pedirá aos alunos que respondam a uma série de perguntas sobre arte pré-histórica.

Caricatura
Os alunos irão criar uma caricatura baseada na descrição geográfica durante o período pré-histórico e escrever uma breve descrição de sua peça.

Fora da África
Esta planilha exige que o aluno faça sua própria pesquisa, anote suas descobertas e planeje sua jornada no mapa incluído.

Sítio Pré-histórico
Em sua área local, os alunos irão pesquisar um sítio pré-histórico e analisar a cultura das pessoas daquela época usando as diretrizes fornecidas.

Descubra Notícias
Neste prompt de escrita, os alunos escreverão sobre uma recente descoberta científica sobre um dos organismos mais controversos que habitaram o planeta, os dinossauros.

Link / cite esta página

Se você fizer referência a qualquer conteúdo desta página em seu próprio site, use o código a seguir para citar esta página como a fonte original.

Use com qualquer currículo

Essas planilhas foram projetadas especificamente para uso com qualquer currículo internacional. Você pode usar essas planilhas no estado em que se encontram ou editá-las usando o Apresentações Google para torná-las mais específicas para seus próprios níveis de habilidade dos alunos e padrões de currículo.


Dez principais invenções antigas

Eu queria fazer uma lista que nos contasse a história de algumas coisas da vida que consideramos naturais. Todos nós sabemos quem inventou coisas como o telefone e a televisão, mas não sabemos quando ou como os alimentos básicos da vida foram inventados ou descobertos. Então, aqui está uma lista de 10 coisas que consideramos certas e o histórico de seu uso. Com exceção de um item (a roda), o resto vem do Paleolítico. Esta lista é ordenada do mais recente ao mais antigo.


The Sumerian & ldquoBattle Standard of Ur & rdquo & ndash Ca. 2600 AC

A roda provavelmente se originou na antiga Suméria (atual Iraque) no 5º milênio aC, originalmente na função de rodas de oleiro. A roda alcançou a Índia e o Paquistão com a Civilização do Vale do Indo no terceiro milênio aC. Perto do lado norte do Cáucaso, vários túmulos foram encontrados, nos quais, desde 3700 aC, pessoas eram enterradas em carroças ou carroças (ambos os tipos). A descrição mais antiga do que pode ser um veículo com rodas (aqui uma carroça e rodas mdashfour, dois eixos) está no pote Bronocice, um pote de barro de cerca de 3500 aC escavado no sul da Polônia. O que é particularmente interessante sobre a roda, é que as rodas só ocorrem na natureza na forma microscópica, então o uso da roda pelo homem não poderia ser um mimetismo da natureza. É importante notar, entretanto, que o movimento giratório da roda é visto em certos animais que manipulam seus corpos na forma de uma bola e rolam. A roda alcançou a Europa e a Índia (a civilização do Vale do Indo) no 4º milênio AC. Na China, a roda certamente está presente com a adoção da carruagem em ca. 1200 AC.


Antigos egípcios e rsquos fazendo corda

O uso de cordas para caçar, puxar, prender, prender, carregar, levantar e escalar remonta aos tempos pré-históricos e sempre foi essencial para o progresso tecnológico da humanidade. É provável que os primeiros & ldquoropes & rdquo fossem comprimentos naturais de fibras vegetais, como as videiras, seguidos logo pelas primeiras tentativas de torcer e trançar esses fios para formar as primeiras cordas adequadas no sentido moderno da palavra. Fragmentos fossilizados de “corda provavelmente dupla com cerca de 7 mm de diâmetro” foram encontrados na caverna de Lascaux, datando de aproximadamente 15.000 aC. Os antigos egípcios foram provavelmente a primeira civilização a desenvolver ferramentas especiais para fazer cordas. A corda egípcia remonta a 4.000 a 3.500 a.C. e geralmente era feito de fibras de junco de água. Outras cordas na antiguidade eram feitas de fibras de tamareiras, linho, grama, papiro, couro ou pelos de animais.


8. Instrumentos musicais 50.000 aC

Os primeiros instrumentos musicais conhecidos foram as flautas. A flauta apareceu em diferentes formas e locais ao redor do mundo. Uma flauta de três buracos feita de uma presa de mamute (da caverna Gei & szligenkl & oumlsterle na Alb da Suábia alemã e datada de 30.000 a 37.000 anos atrás) e duas flautas feitas de ossos de cisnes e rsquo escavados uma década antes (da mesma caverna na Alemanha, datados de cerca de 36.000 anos atrás) estão entre os instrumentos musicais mais antigos conhecidos. A flauta foi datada de tempos pré-históricos. Um fragmento do fêmur de um urso das cavernas juvenil, com dois a quatro buracos, encontrado em Divje Babe na Eslovênia e datado de cerca de 43.100 anos atrás, também pode ser uma flauta primitiva. Algumas das primeiras flautas eram feitas de tíbias (ossos da canela). Gudi jogável de 9.000 anos (literalmente, & ldquobone flauta & rdquo), feito dos ossos das asas de guindastes de coroa vermelha, com cinco a oito orifícios cada, foram escavados de uma tumba em Jiahu, na província de Henan, na China Central.

Evidências arqueológicas indicam que os humanos chegaram à Nova Guiné há pelo menos 60.000 anos, provavelmente por mar do sudeste da Ásia durante um período da era do gelo, quando o mar estava mais baixo e as distâncias entre as ilhas mais curtas. Os ancestrais dos aborígenes australianos e da Nova Guiné cruzaram o estreito de Lombok até Sahul de barco, há mais de 50.000 anos. Evidências do antigo Egito mostram que os primeiros egípcios já sabiam como montar pranchas de madeira em um casco estanque, usando trenós para prendê-los juntos e piche para calafetar as costuras. O & ldquoKhufu navio & rdquo, um navio de 43,6 m de comprimento selado em um fosso no complexo da pirâmide de Gizé no sopé da Grande Pirâmide de Gizé na Quarta Dinastia por volta de 2.500 aC, é um exemplo sobrevivente em tamanho que pode ter cumprido a função simbólica de uma barca solar.


Pinturas rupestres no Zimbábue

Pigmentos naturais, como ocres e óxidos de ferro, têm sido usados ​​como corantes desde os tempos pré-históricos. Os arqueólogos descobriram evidências de que os primeiros humanos usavam tinta para fins estéticos, como decoração corporal. Pigmentos e equipamento de moagem de tinta que se acredita ter entre 350.000 e 400.000 anos foram relatados em uma caverna em Twin Rivers, perto de Lusaka, Zâmbia. Antes da Revolução Industrial, a gama de cores disponíveis para uso artístico e decorativo era tecnicamente limitada. A maioria dos pigmentos em uso eram pigmentos terrosos e minerais, ou pigmentos de origem biológica. Pigmentos de fontes incomuns, como materiais botânicos, resíduos animais, insetos e moluscos, foram colhidos e comercializados a longas distâncias. Algumas cores eram caras ou impossíveis de misturar com a variedade de pigmentos disponíveis. O azul e o roxo passaram a ser associados à realeza por causa de seus gastos.

Rodas e roupas estão bem, mas a comida está onde está. Compre Sweet Invention: A History of Dessert na Amazon.com!

A fabricação e o uso de lanças também são praticados pela subespécie Pan troglodytes verus do chimpanzé comum. Este é o único exemplo conhecido de animais além de humanos criando e usando armas mortais. Observou-se que chimpanzés perto de K & eacutedougou, no Senegal, criam lanças quebrando galhos retos de árvores, arrancando-lhes a casca e os galhos laterais e afiando uma das pontas com os dentes. Eles então usaram as armas para caçar galagos que dormiam em buracos. Evidências arqueológicas documentam que lanças de madeira foram usadas para caçar 400.000 anos atrás. No entanto, a madeira não preserva bem. Craig Stanford, a primatologist and professor of anthropology at the University of Southern California, has suggested that the discovery of spear use by chimpanzees probably means that early humans used wooden spears as well, perhaps five million years ago. By 250,000 years ago wooden spears were made with fire-hardened points. From 280,000 years ago humans began to make complex stone blades, which were used as spear points. By 50,000 years ago there was a revolution in human culture, leading to more complex hunting techniques.

4. Clothing 500,000 &ndash 100,000 BC

According to archaeologists and anthropologists, the earliest clothing probably consisted of fur, leather, leaves or grass, draped, wrapped or tied about the body for protection from the elements. Knowledge of such clothing remains inferential, since clothing materials deteriorate quickly compared to stone, bone, shell and metal artifacts. Archeologists have identified very early sewing needles of bone and ivory from about 30,000 BC, found near Kostenki, Russia, in 1988. Ralf Kittler, Manfred Kayser and Mark Stoneking, anthropologists at the Max Planck Institute for Evolutionary Anthropology, have conducted a genetic analysis of human body lice that indicates that they originated about 107,000 years ago. Since most humans have very sparse body hair, body lice require clothing to survive, so this suggests a surprisingly recent date for the invention of clothing. However, a second group of researchers used similar genetic methods to estimate that body lice originated about 540,000 years ago. Most information in this area has come from Neanderthal remains.


Mockup of a Prehistoric Dwelling

Throughout history, primitive peoples have made use of caves for shelter, burial, or as religious sites. However, a recent find by archaeologists in Japan gives evidence of the building of huts dating back as far as 500,000 BC. The site (on a hillside at Chichibu, north of Tokyo,) has been dated to a time when Homo erectus lived in the region. It consists of what seem to be 10 post holes, which form two irregular pentagons thought to be the remains of two huts. Thirty stone tools were found scattered around the site.

The ability to control fire is one of humankind&rsquos great achievements. Fire making to generate heat and light made it possible for people to migrate to colder climates and enabled people to cook food &mdash a key step in the fight against disease. Archaeology indicates that ancestors or relatives of modern humans might have controlled fire as early as 790,000 years ago. Some recent evidence may exist to demonstrate that man controlled fire from 1 to 1.8 million years ago (which would make it older than the knife below). By the Neolithic Revolution, during the introduction of grain based agriculture, people all over the world used fire as a tool in landscape management. These fires were typically controlled burns or &ldquocool fires&rdquo, as opposed to uncontrolled &ldquohot fires&rdquo that damage the soil.

The earliest knives were shaped by percussion flaking from rock, particularly water-worn creek cobbles made out of volcanic rock. During the Paleolithic era Homo habilis likely made similar tools out of wood, bone, and similar highly perishable material that has not survived. As recent as five thousand years ago, as advances in metallurgy progressed, stone, wood, and bone blades were gradually succeeded by copper, bronze, iron, and eventually steel. The very first stone tool assemblage in prehistory is called the Olduwan by anthropologists. Olduwan tool use is estimated to have begun about 2.5 million years ago, lasting to as late as 1.5 million years ago. It is suggested that its users comprised a number of species of hominina ranging from Australopithecus to early Homo, and passing its loosely categorized tool tradition between more than one genus.

Burial 400,000 BC [Wikipedia]
Lithic Blades 100,000 BC [Wikipedia]
Mining 43,000 BC [Wikipedia]
Sewing Needles 30,000 BC [Wikipedia]
Hafted Axes 30,000 BC [Wikipedia]
Basket Weaving 12,000 BC [Wikipedia]
Agricultura 10,000 BC [Wikipedia]

This article is licensed under the GFDL. It uses material from the Wikipedia articles: Wheel, Rope, Flute, Shipbuilding, Pigment, Spear, Clothing, Fire , Knife, Olduwan


History period – a look at menstruation through the ages in 15 fascinating facts

But, before the 19th Century, doctors didn’t realise periods were even linked to ovulation.

They thought women needed to bleed to cool their emotional, hysterical natures.

Other menstruation myths and misunderstandings also persisted, some of which are still alive today.

Some people in India believe menstruating women make cows infertile, while in East Africa some say they dry out crops.

And these aren’t the half of it.

So it’s time for history period – a look at menstruation through the ages in 15 fascinating facts.

1. Ancient Romans thought menstruating women were basically dark witches

According to Pliny the Elder they could stop hailstorms, whirlwinds and lightening, and kill crops.

Not to mention kill bees, dim mirrors and blunt weapons just by looking at them.

He also thought menstrual blood drove dogs mad.

2. The Ancient Egyptians used softened papyrus as tampons

Meanwhile, the Ancient Greeks fashioned tampons from bits of wood with lint wrapped round (they also used these for contraception).

The Romans wore pads and tampons made of wool.

3. Medieval Europeans burnt toads to ease heavy flow

The recipe’s pretty simple – find a toad, burn it in a pot, then wear the ashes in a pouch near your vagina, writes medieval historian Amy License.

4. The French thought period sex would lead to ‘monsters’ being born

No nookie on rag week unless you want to give birth to something ‘puny, languid, and moribund, subject to an infinity of fetid maladies, foul and stinking,’ thought our friends across the pond, according to The Curse: A Cultural History Of Menstruation.

5. Medieval Europeans thought period blood cured leprosy

Well, a nun called Hildegard von Bingen who published medical texts did.

However, others thought that having sex with a woman on her period would corrode the penis, and that drinking period blood gave you leprosy, so it was all a bit of a gamble.

6. Period blood was thought to be an aphrodisiac

Worryingly, some people still believe this to be true.

African folk magic called Hoodoo advises putting it into a guy’s coffee to make him fall for you.

In other cultures, period blood is also thought to have magical powers.

In Hong Kong, an Indonesian maid added her blood to her boss’s food to improve their working relationship.

7. 19th Century Brits thought menstruating women ruined food

They believed butter wouldn’t churn and hams wouldn’t take on salt for curing in the hands of a lady on her period.

8. A Viennese scientist in the 1920s thought menstruating women stopped dough rising and beer fermenting

Bela Schick believed women on their periods released plant-destroying substances through their skin, which he named menotoxins.

9. World War I revolutionised sanitary towels

French nurses realised disposable cellulose bandages they used on wounded soldiers absorbed blood better than cotton, and started using them during their periods.

Several brands of disposable pads using similar materials started appearing and, by 1921, brands such as Kotex were popular in the US.

But they had to be used in conjunction with this…

10. From the 1890s to the 1970s western women wore these monstrosities

Before the 20th century, most western women probably pinned rags or homemade pads inside their clothes.

Then menstrual belts became the norm – loops of elastic with thick cotton pads to clip or pin on.

In the 1970s self-adhesive pads finally became available.

11. An American doctor invented the modern tampon

In 1929 Dr Earle Haas developed a plug of cotton inserted using two cardboard tubes.

He patented his ‘catamenal device’, which he trademarked Tampax.

The first ones were made with a sewing machine and a compression machine.

12. American high school kids in the 40s and 50s were shown this Disney video to learn about periods

‘It’s smart to keep looking smart. That well-groomed feeling will give you new poise.’

13. Some women spent their periods in menstrual huts

The Dogon people of Mali still do.

And, in Nepal, despite the practice being banned in 2005, many women are sent to tiny mud-walled huts called goths.

This is part of a Hindu tradition called chaupadi in which menstruating women are isolated because they are considered unclean.

14. In India there’s a festival based around a period

In Shaktism, a denomination of Hinduism, the annual period of the goddess Kamakhya is marked.

Pilgrims gather from miles around to honour Ambubachi Mela, the four-day fertility festival each June in Assam, India.


The Stone Age – Beginning of Early Human Societies

The rise of agriculture allowed for the rise of large settlements and very large populations. These populations led to social structures which had not yet existed, including chiefdoms and states.

It is during the Neolithic that human societies began to resemble the societies of social insets more than earlier primate societies. Earlier human societies consisted of no more than a few hundred individuals living in family groups.

These new human societies consisted of thousands to tens of thousands of individuals and seemed to act as organisms in of themselves, needing to expand through trade and warfare. By the end of the Neolithic, the human race had changed in such a way that it would never again be the same.

The Stone Age brought about early human societies. (Gugatchitchinadze / CC BY-SA 4.0 )

Top image: Stone Age early human child. Source: pxhere / Public Domain .


History of Chemistry

Chemistry is a branch of science that has been around for a long time. In fact, chemistry is known to date back to as far as the prehistoric times. Due to the amount of time chemistry takes up on the timeline, the science is split into four general chronological categories. The four categories are: prehistoric times - beginning of the Christian era (black magic), beginning of the Christian era - end of 17th century (alchemy), end of 17th century - mid 19th century (traditional chemistry) and mid 19th century - present (modern chemistry).

Beginning of the Christian Era

Known metals were recorded and listed in conjunction with heavenly bodies.

Democritus proclaims the atom to be the simplest unit of matter. All matter was composed of atoms.

Aristotle declares the existence of only four elements: fire, air, water and earth. All matter is made up of these four elements and matter had four properties: hot, cold, dry and wet.

Time Intervals Specific Times Events Descrição
Beginning of the Christian Era -

Influenced greatly by Aristotle's ideas, alchemists attempted to transmute cheap metals to gold. The substance used for this conversion was called the Philosopher's Stone .

Although Pope John XXII issued an edict against gold-making, the gold business continued. Despite the alchemists' efforts, transmutation of cheap metals to gold never happened within this time period.

Alchemists not only wanted to convert metals to gold, but they also wanted to find a chemical concoction that would enable people to live longer and cure all ailments. This elixir of life never happened either.

The disproving of Aristotle's four-elements theory and the publishing of the book, The Skeptical Chemist (by Robert Boyle), combined to destroy this early form of chemistry.

Johann J. Beecher believed in a substance called phlogiston. When a substance is burned, phlogiston was supposedly added from the air to the flame of the burning object. In some substances, a product is produced. For example, calx of mercury plus phlogiston gives the product of mercury.

Charles Coulomb discovered that given two particles separated by a certain distance, the force of attraction or repulsion is directly proportional to the product of the two charges and is inversely proportional to the distance between the two charges.

Joseph Priestley heated calx of mercury, collected the colorless gas and burned different substances in this colorless gas. Priestley called the gas "dephlogisticated air", but it was actually oxygen. It was Antoine Lavoisier who disproved the Phlogiston Theory. He renamed the "dephlogisticated air" oxygen when he realized that the oxygen was the part of air that combines with substances as they burn. Because of Lavoisier's work, Lavoisier is now called the "Father of Modern Chemistry".

John Dalton publishes his Atomic Theory which states that all matter is composed of atoms, which are small and indivisible.

Heinrich Geissler creates the first vacuum tube.

William Crookes made headway in modern atomic theory when he used the vacuum tube made by Heinrich Geissler to discover cathode rays. Crookes created a glass vacuum tube which had a zinc sulfide coating on the inside of one end, a metal cathode imbedded in the other end and a metal anode in the shape of a cross in the middle of the tube. When electricity was run through the apparatus, an image of the cross appeared and the zinc sulfide glowed. Crookes hypothesized that there must have been rays coming from the cathode which caused the zinc sulfide to fluoresce and the cross to create a shadow and these rays were called cathode rays.

Eugene Goldstein discovered positive particles by using a tube filled with hydrogen gas (this tube was similar to Thomson's tube. see 1897). The positive particle had a charge equal and opposite to the electron. It also had a mass of 1.66E-24 grams or one atomic mass unit. The positive particle was named the proton.

Wilhelm Roentgen accidentally discovered x-rays while researching the glow produced by cathode rays. Roentgen performed his research on cathode rays within a dark room and during his research, he noticed that a bottle of barium platinocyanide was glowing on a shelf. He discovered that the rays that were causing the fluorescence could also pass through glass, cardboard and walls. The rays were called x-rays.

Henri Becquerel was studying the fluorescence of pitchblend when he discovered a property of the pitchblend compound. Pitchblend gave a fluorescent light with or without the aid of sunlight.

J.J. Thomson placed the Crookes' tube within a magnetic field. He found that the cathode rays were negatively charged and that each charge had a mass ratio of 1.759E8 coulombs per gram. He concluded that all atoms have this negative charge (through more experiments) and he renamed the cathode rays electrons. His model of the atom showed a sphere of positively charged material with negative electrons stuck in it. Thomson received the 1906 Nobel Prize in physics.

Marie Curie discovered uranium and thorium within pitchblend. She then continued to discover two previously unknown elements: radium and polonium. These two new elements were also found in pitchblend. She received two nobel prizes for her discovery one was in chemistry while the other was in physics.

Robert Millikan discovered the mass of an electron by introducing charged oil droplets into an electrically charged field. The charge of the electron was found to be 1.602E-19 coulombs. Using Thomson's mass ration, Millikan found the mass of one electron to be 9.11E-28 grams. Millikan received the 1932 Nobel Prize in Physics for this discovery.

Ernest Rutherford sent a radioactive source through a magnetic field. Some of the radioactivity was deflected to the positive plate some of it was deflected to the negative plate and the rest went through the magnetic field without deflection. Thus, there were three types of radioactivity: alpha particles (+), beta particles (-) and gamma rays (neutral). By performing other experiments and using this information, Rutherford created an atomic model different from Thomson's. Rutherford believed that the atom was mostly empty space. It contains an extremely tiny, dense positively charged nucleus (full of protons) and the nucleus is surrounded by electrons traveling at extremely high speeds. The Thomson model was thrown out after the introduction of the Rutherford model.

Henry Moseley attempts to use x-rays to determine the number of protons in the nucleus of each atom. He was unsuccessful because the neutron had not been discovered yet.

Neutron Bombardment and Nuclear Fission

Enrico Fermi bombards elements with neutrons and produces elements of the next highest atomic number. Nuclear fission occurred when Fermi bombarded uranium with neutrons. He received the 1938 Nobel Prize in physics.

Irene Curie and Frederic Joliot-Curie discovered that radioactive elements could be created artificially in the lab with the bombardment of alpha particles on certain elements. They were given the 1935 Nobel Prize.

Albert Einstein and Enrico Fermi both warned the United States about Germany's extensive research on atomic fission reaction. Below the football field at the University of Chicago, the United States developed the very first working nuclear fission reactor. The Manhattan Project was in process.

Each link for each time interval contains some information about that period. Unfortunately, the information is sparse and the presentation of the info leaves much to be desired. However, more information on chemical history can be found in the links listed below. The list is collated in a chronological manner so like the table above, alchemy and black magic should be on top while traditional and modern chemistry should be closer to the end of the list. Also, there are some other links besides the ones that are in the time-interval section and these links should lead you to more information about the underlined topics.

Additional History Links

1. Alchemy - this link provides an insight into the science that was said to precede chemistry. It gives a brief, colorful history of alchemy itself and a few stories about the people who actually practiced the science.

2. More Alchemy. a lot more - a whole website dedicated to the predecessor of chemistry. This site contains unlimited information about alchemy. If you have questions about alchemy, this is definitely the place to go!

3. THE History of Chemistry - a great cache of chemical history is contained at this Umea University Chemistry Department site. Biographies of famous scientists, collection of science papers and etc. are found and well-catalogued in this area.

4. The Week in Chemical History - this site makes a connection between the current week and an important episode in the past that had a great impact on the world of chemistry

5. Chemistry Papers - this site not only provides a great amount of papers on certain chemistry theories, but it also contains many papers written on topics in the other sciences. In fact, the papers are collected and collated by their scientific topics (chemistry, physics, biology)

6. African American Scientists - contains a list of African American scientists who have made a difference in each of their respective sciences.

7. Chemical History by Chemistry topics - this site collates its information by the chemistry topic that the information pertains to.

8. Elements' Histories - the histories of most of the elements on the periodic table.

9. History of the Periodic Table - a brief summary of the periodic table's past.

10. Another Periodic Table - yet another site with the histories of the elements on the periodic table.


Assista o vídeo: Grécia antiga- Período Arcaico (Janeiro 2023).